ARTICULAÇÕES SEM FLEXIBILIDADE

Não Por omnilife
       

QUAIS OS 5 PRINCIPAIS FATORES QUE INFLUENCIAM A PERDA DE FLEXIBILIDADE

 

Algumas pessoas podem dobrar-se e alongar-se com extrema facilidade, enquanto outros mal podem se levantar depois de ficarem sentados por um tempo mais longo. Flexibilidade e flacidez referem-se à forma como suas articulações se movem, assim como o comprimento dos músculos que cruzam essas articulações. Massagens e alongamentos regulares podem, e vão, ajudar a maioria das pessoas a melhorarem e manterem a sua flexibilidade normal. Certamente você vai se sentir bem pois poderá se mover ainda melhor. Aqui estão cinco fatores que afetam a sua perda de flexibilidade. Vamos lá?

1)    ESTRUTURA CORPORAL

Existem vários tipos diferentes de articulações no corpo humano. Algumas têm uma maior amplitude de movimento do que outras. A articulação em seu ombro, por exemplo, tem a maior amplitude de movimento do todas as articulações. Aqueles que são fisicamente ativos naturalmente, têm mais flexibilidade. Inversamente, aqueles com tecido conjuntivo inelástico vão ser muito mais rígidos. A falta de estímulos das articulações leva à perda de flexibilidade.

2)    IDADE E SEXO TAMBÉM INFLUENCIAM NA PERDA DE FLEXIBILIDADE

perda de flexibilidade acontece à medida que você envelhece. Isso é devido, em parte, à uma degradação do tecido conjuntivo fibroso que substitui as fibras musculares por fibrose. Por causa da estrutura óssea, as mulheres tendem a ser mais flexíveis do que os homens. Assim como a força e a resistência, a flexibilidade também pode ser aumentada em qualquer idade com o treinamento de yoga ou alongamento adequado, principalmente pela manhã. Depois de uma noite de sono sua mobilidade é diminuída

3)    TECIDO CONJUNTIVO

O tecido conjuntivo profundo, tal como a fáscia e os tendões, pode sofrer com a perda de flexibilidade. Estes tecidos diferem em sua capacidade de retornar ao seu comprimento de repouso original (elasticidade) e sua tendência a manter um aumento depois de esticado (plasticidade). Com o tempo esses tecidos conectivos perdem água e colágeno nos ligamentos e os tendões podem se tornar mais espessos e menos flexíveis.

4)    MASSA MUSCULAR

Pode ser difícil para atletas muito fortes completarem certas atividades, isso porque sua massa muscular atrapalha no alongamento. Uma pessoa com grandes músculos, por exemplo, pode ter dificuldade de estender os braços acima de sua cabeça. Para alguns atletas, músculos grandes são mais importantes do que flexibilidade..

5)    PROPRIOCEPTORES

Proprioceptores são sensores minúsculos localizados dentro das fibras musculares que fornecem informações sobre o ângulo articular, comprimento muscular e tensão muscular. O alongamento cuidadoso, proposital e lento pode garantir que esses sensores não sejam acionados, de forma a minimizar a sensação de dor. Existem outros fatores, como lesões anteriores, que podem causar a perda de flexibilidade. Independentemente da causa, a massagem de um profissional qualificado e exercícios de fisioterapia podem ajudar a restaurar a flexibilidade perdida e aumentar a mobilidade.

OS BENEFÍCIOS DO ALONGAMENTO

Fazer alongamento diariamente é um dos principais mecanismos para evitar a perda da flexibilidade já que proporciona:

  •         Um aumento na amplitude dos movimentos funcionais;
  •         Redução da dor lombar e lesões;
  •         Redução da incidência e gravidade de lesões;
  •         Melhoria na postura e na simetria muscular;
  •         Atraso no início da fadiga muscular;
  •         Prevenção e alívio da dor muscular após o exercício;
  •         Aumento do nível de certas habilidades e eficiência muscular;
  •         Promoção do relaxamento mental.

Tomando uma abordagem semelhante à harmonia da mente, corpo e espírito em técnicas de yoga, muitos profissionais de saúde estão usando o treinamento de flexibilidade como meio de facilitar o relaxamento mental e físico, bem como a redução do estresse.

Fonte: gastronet.com.br

Resumo
ARTICULAÇÕES SEM FLEXIBILIDADE
Nome do Artigo
ARTICULAÇÕES SEM FLEXIBILIDADE
Descrição
Algumas pessoas podem dobrar-se e alongar-se com extrema facilidade, enquanto outros mal podem se levantar depois de ficarem sentados por um tempo mais longo. Flexibilidade e flacidez referem-se à forma como suas articulações se movem, assim como o comprimento dos músculos que cruzam essas articulações.
Vagner Soares | Reginaldo Meira
Nome do editor
Destaque Saúde
Logotipo do editor

Comentários